terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Máximas em mínimas (39)

Silêncio
“Os silêncios são um ritmo, uma respiração. Acrescentam um significado suplementar ao que é dito. Eles ajudam a suportar a enorme violência do que é, por vezes, dito. Permitem continuar a proferir palavras. São o momento da troca de olhares.”
Philippe Besson. Em tempos de guerra (2008) [orig.: En l'absence des hommes, 2001]

1 comentário:

jacker disse...

Read your article, if I just would say: very good, it is somewhat insufficient, but I am still tempted to say: really good!
runescape gold